Quando as crianças tornam-se obesas?

FotoPesquisa dos EUA diz que ganho de peso ainda na pré-escola aumenta chances de obesidade no futuro


A obesidade infantil é um dos problemas de saúde mais graves dos nossos tempos. Nos últimos 30 anos, o número de crianças obesas nos Estados Unidos dobrou e o de adolescentes obesos triplicou, segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças. Pensando em como controlar a doença, que já se comporta como epidemia, pesquisadores investigaram quando, exatamente, as crianças têm maior probabilidade de tornarem-se obesas.
>> Pai gordo, filho obeso... e neto acima do peso
O médico Venkat Narayan e sua equipe, da Escola de Saúde Pública Rollins da Universidade de Emory, em Atlanta (EUA), observaram mais de 7,7 mil crianças durante nove anos, da pré-escola ao nível equivalente à nona série no Brasil. A pesquisa revelou que o peso nos primeiros anos de vida é um forte indicador de problemas futuros. Crianças de 5 anos com sobrepeso têm quatro vezes mais chance de se tornar obesas até os 14 anos.
"Nós temos visto números altos de mulheres com obesidade quando elas chegam ao primário e à adolescência”, disse Narayan ao canal FoxNews. "Mas o que não estava claro era em que idade as crianças desenvolvem obesidade pela primeira vez, especialmente em idades mais jovens."
>> Cristiane Segatto: Viver bem e viver muito
Entre as crianças avaliadas, 12% já eram obesas aos 5 anos e 14% tinham sobrepeso. Entre as que tinham peso adequado para a idade, apenas 8% se tornaram obesas aos 14 anos, enquanto 32% das acima do peso e das obesas se tornaram ou continuaram obesas no final do ensino primário. Os resultados, que foram publicados nesta quinta-feira (30) no New England Journal of Medicine, indicam ainda que crianças de níveis socioeconômicos altos têm maiores riscos de se tornarem obesas.
>> Mais da metade dos brasileiros está acima do peso, diz pesquisa
Os pesquisadores recomendam que os pais prestem atenção ao peso das crianças desde cedo – e não apenas isso. “Estamos falando sobre a necessidade de uma dieta saudável e atividades físicas saudáveis. Isso não vale apenas para crianças mais velhas, que estão no primário, mas também para as pré-escolares”, afirmou o médico Venkat Narayan.
O Brasil também enfrenta o problema. Quase metade da população (48%) pesa mais do que deveria. O histórico médico das crianças (33% têm sobrepeso e 14% são obesas) já é comparável ao dos avós: colesterol alto, diabetes, desgaste nas articulações.
Reportagem de ÉPOCA publicada no ano passado mostrou que a obesidade é construída, principalmente, em casa. Em menos de 10% dos casos, o ganho de peso pode ser creditado a causas orgânicas, como distúrbios hormonais ou tumores. Sozinha, a genética justifica cerca de outros 5%. Na parcela restante, 85%, a obesidade é explicada por uma combinação de fatores: vários genes aumentam a predisposição ao ganho de peso, mas isso só ocorre se o ambiente favorecer. Confira 30 passos para a família adquirir hábitos mais saudáveis.
AC

Fonte: http://epoca.globo.com/vida/vida-util/saude-e-bem-estar/noticia/2014/01/quando-criancas-btornam-se-o


Rua Pinto Ribeiro, 205 - Centro - Barra Mansa, CEP 27310-420
Tel / Fax: (24) 3323-3021 | 3323-2941 | 3323-8879
contato@clicinavaleimagem.com

A Vale Imagem | Especialidade | Unidade da Mama | Clientes | Eventos | Convênios e Parceiros | Notícias e Artigos | Fale Conosco

2010 clinicavaleimagem.com - Todos os direitos reservados. Política de privacidade.